Câmara dos Deputados aprova elevação do teto do Supersimples e ampliação do prazo de parcelamento

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem o substitutivo do Senado ao Projeto de Lei Complementar 25/07- Crescer sem Medo, que trata do Supersimples.

O Projeto eleva, a partir de 2018, o limite máximo de receita bruta para pequenas empresas participarem do regime especial de tributação do Simples Nacional, passando de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões de receita bruta anual.

A proposta também prevê a ampliação do prazo de parcelamento de dívidas tributárias de micro e pequenas empresas de 60 para 120 meses.

Segundo a Agência Sebrae, atualmente, quase 700 mil micro e pequenas empresas em débito com o Simples Nacional foram notificadas pela Receita Federal.

A matéria segue para sanção presidencial.

Comments are closed.